EMBAIXADORES UNICEF


Orlando Bloom Orlando Bloom

Aicha Gabtchami, 12 anos, conversando com o ator e embaixador do UNICEF Orlando Bloom, em um espaço de aprendizagem temporário, durante a visita dele ao campo de Ngagam. A família de Aicha mora na República do Níger e foi desalojada pela violência do Boko Haram.

 

Shakira Shakira

Defensora apaixonada da educação, particularmente do desenvolvimento da primeira infância, a embaixadora do UNICEF Shakira falou sobre o tema durante a recepção da mídia no Fórum Econômico Mundial anual, em Davos, na Suíça.

 

Priyanka Priyanka

Mais de 8 milhões de crianças sírias e de países vizinhos precisam de ajuda humanitária. Na foto, a atriz indiana e embaixadora internacional do UNICEF Priyanka Chopra (de branco ao centro) foi à Jordânia apoiar o trabalho do UNICEF na região.

 

Lázaro Ramos ajudou a convidar os municípios brasileiros para se inscreverem na 5ª edição do Selo UNICEF.

MAIS AMIGOS


Ana Hickman e Rodrigo Santoro
participaram do evento
Montblanc-UNICEF.

MARCOS PIANGERS

Marcos Piangers divulgou em seu canal a campanha de Dia das Crianças.

 

UNICEF e Facebook
criam robô que alerta sobre os riscos dos conteúdos pessoais nas redes sociais.

Fabi Grossi

Fabi Grossi é uma adolescente com uma história para contar: seu ex-namorado vazou um vídeo íntimo dos dois.

A diferença em relação às outras vítimas deste crime conhecido como sexting – uma das formas de cyberbulling – é que a Fabi é, na verdade, um robô criado para trocar mensagens no Facebook e conscientizar os adolescentes sobre os perigos do ambiente online.

Com o nome de Caretas, a página é o resultado de uma parceria entre Facebook e UNICEF. O robô utiliza gírias e o rosto de uma atriz para criar empatia com os usuários, dando dicas de como se prevenir para que imagens íntimas não caiam na internet. Fabi também dá orientações sobre como buscar ajuda.

Experimente:

QR Code

digite
fb.com/ProjetoCaretas
e clique em enviar
mensagem


“O Caretas é uma ferramenta digital que nos dá a oportunidade de conversar individualmente com cada adolescente, no ambiente onde ele está presente e na linguagem que ele costuma usar”, explica Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

“Toda a vivência dele na ferramenta tem o objetivo de criar empatia com a nossa personagem e informá-lo sobre os riscos do ambiente online”, completa.

Resultados após um mês do lançamento:

Resultados

Fanpage do UNICEF Brasil

Post mais curtido
Vídeo de homenagem à Tia Socorro

Post mais comentado
Vídeo de lançamento da campanha “Quem espera, espera”