LUGAR DE CRIANÇA E
ADOLESCENTE É NA ESCOLA

 

Você faz parte desta conquista. Graças à sua doação e às nossas parcerias, milhares de crianças e adolescentes que estavam fora da escola foram localizadas pela estratégia Busca Ativa Escolar. Desenvolvida em parceria entre UNICEF, Undime, Congemas e Conasems, mais de 3 mil municípios brasileiros já aderiram à estratégia. Confira os resultados:

 

230.591 crianças e adolescentes identificadas.

30.357 foram (re)matriculadas na escola.

7.868 novos profissionais participando do curso on-line para a implementação da estratégia.

41.068 usuários utilizando a plataforma.

Curso on-line para apoiar a implementação da estratégia desenvolvida.

 

A Busca Ativa Escolar é uma plataforma de tecnologia social inovadora para ajudar estados e municípios a identificar crianças e adolescentes fora da escola e tomar as medidas necessárias para garantir a matrícula e a permanência de cada um deles na escola, aprendendo.

Saiba mais: buscaativaescolar.org.br

 

Inovação Tecnológica nas Escolas

O UNICEF e a Samsung lançaram a 2ª edição da Maratona UNICEF-Samsung para apoiar a participação de adolescentes e professores no desenvolvimento de aplicativos inovadores, inclusivos e interdisciplinares que visam contribuir com a melhoria da qualidade da educação. Mais de 300 equipes (1.500 alunos e professores) inscreveram-se e 20 projetos foram selecionados para orientação técnica e pedagógica. Os aplicativos estarão disponíveis este ano.

Educação que Previne contra a Violência

Um estudo sobre práticas para ajudar as escolas a evitar a violência contra crianças foi lançado pelo UNICEF no Rio de Janeiro. Cerca de 400 pessoas participaram, incluindo órgãos governamentais de proteção social, estudantes e professores. O UNICEF participou de três fóruns nacionais, em mais de seis congressos regionais e locais. Mais de 5.000 gestores municipais e de educação, saúde e assistência social foram mobilizados sobre a importância das estratégias Busca Ativa Escolar e Trajetórias de Sucesso Escolar.

Trajetórias de
Sucesso Escolar

Juntos podemos enfrentar a cultura de fracasso escolar que existe em nosso país. Em parceria com o Instituto Claro e a Fundação Itaú Social, o UNICEF disponibilizou uma plataforma on-line para exibir dados sobre distorção idade-série, reprovação e abandono escolar por estados, municípios e escolas públicas. Lançamos materiais on-line e capacitações para apoiar gestores de políticas públicas na definição, implementação e avaliação de políticas e ações de superação do fracasso escolar e de enfrentamento da distorção idade-série.
Confira os resultados:

Mais de 10 estados comprometidos com a estratégia.

No Semiárido e na Amazônia, mais de 5.000 especialistas receberam orientações por meio da plataforma on-line para implementação da estratégia Trajetórias de Sucesso Escolar.

Cerca de 6.000 escolas de educação infantil localizadas em mais de 1.000 municípios participantes (edição atual do Selo UNICEF) usaram uma metodologia de autoavaliação para discussão da qualidade da educação proposta pelo UNICEF, pelo Ministério da Educação e parceiros.

Acesse trajetoriaescolar.org.br e conheça o perfil da distorção idade-série em seu estado e município.

Mikaele

Mikaele, 10 anos de idade, e Nicole, 5 anos, estavam matriculadas na escola, mas estavam em risco de evasão escolar por faltarem muito. Elas foram identificadas por meio do Selo UNICEF, iniciativa junto com os municípios para garantir os direitos das crianças e dos adolescentes. Depois de uma aproximação com a família, as meninas voltaram a frequentar as aulas e têm a chance de romper o ciclo de analfabetismo da família e ter uma vida diferente da de sua mãe e sua avó.